Clicky

INOVAÇÃO

Bradesco lança carteira digital Bitz, sem acordo com teles para dados móveis

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/09/2020 ... Convergência Digital

Por meio de uma empresa à parte, constituída como fintech, o Bradesco lançou nesta segunda, 14/9, sua carteira digital, batizada Bitz. Trata-se de um aplicativo para celular que funciona no modelo pré-pago, com o qual é possível fazer transferências e pagamentos em geral, receber, ou fazer compras, online inclusive, com uma função que emula um cartão de crédito. 

Curiosamente, no entanto, o Bitz nasce sem acordo com as operadoras móveis para navegação patrocinada – embora já seja possível fazere recargas de celular por meio do aplicativo. “Neste início, o cliente tem que usar seu próprio acesso. Mas estamos estudando, porque faz diferença para o público que a gente imagina, para os desbancarizados. Está na pipeline, mas não conseguimos ainda”, afirmou o presidente da Bitz Serviços Financeiros, Curt Zimmermann. Ele jura que não é por falta de vontade das teles. “Quando se fala nisso, todas têm interesse”, emendou. 

Segundo Zimmermann, embora o aplicativo Bitz seja “um dos pilares da transformação digital do Bradesco”, a operação é separada do banco, com um aporte de R$ 100 milhões no primeiro ano. “Temos visto que a flexibilidade é grande numa empresa apartada e a gente quer viver a experiência de fintech de forma plena”, disse. 

Mais ou menos. Instalada no hub de inovação do Bradesco em São Paulo, a empresa conta com apoio do banco mãe, acesso a estrutura dos caixas 24 Horas para saques com o app e a todas as maquininhas de pagamento que já aceitam bandeira Elo, inclusive 1,5 milhão deles que aceitam QR Code. O próprio aplicativo Bitz roda sobre a plataforma Cielo Pay – todos parte do ecossistema Bradesco. 

Não por menos, Zimmermann aposta que esse é um diferencial que vai permitir ao Bitz um naco grande desse mercado. “Temos um plano de negócios agressivo para conquistarmos de 20% a 25% do mercado de carteiras digitais em três anos. Além da rede do Bradesco, inclusive representantes bancários, o Bitz nasce com duas aquisições em mira: uma empresa de tecnologia de pagamentos digitais e uma carteira digital já existente no mercado, mas “com uma base ainda não muito grande”, segundo o presidente. 

Como ele mesmo ressaltou, a chegada do Bitz às vésperas do PIX, o novo sistema de pagamentos digitais brasileiro, não é coincidência. “O PIX é uma oportunidade. Hoje as carteiras digitais costumam ser de transações internas. Como o PIX abre isso, nossa expectativa é que nossa plataforma seja interoperável com todo o mercado rapidamente.”

Pelas próprias características do segmento das ‘instituições de pagamento’, Zimmermann disse que o foco do Bitz é o microempreendedor individual (MEI) e as empresas de pequeno porte, ou muito pequeno, como as empresas individuais. “É um mercado ainda no início do potencial. Boa parcela da população adulta, 30%, ainda é desbancarizada, e uma parcela enorme tem acesso à rede móvel e crescente no uso do smartphones.”


Petrobras faz primeiro edital para contratar soluções ágeis

Demanda é voltada para Saúde, Segurança Operacional, Otimização e Automação de Processos. Piloto servirá para testar a estratégia de inovação aberta da companhia. Os novos modelos de compras públicas serão debatidos no 5X5 TecSummit, que acontecerá de 07 a 11 de dezembro.

5x5 TecSummit debate o prontuário único do DATASUS

O debate sobre os desafios do órgão responsável pela implementação da Saúde Digital no Brasil acontece com o diretor do Departamento de Informática do ministério da Saúde, Jacson de Barros, no dia 08 de dezembro.

Casa Civil assume o comando das políticas de inovação

Nova política - feita a partir do Decreto 10.534/20 - cria Câmara de Inovação, com 11 ministérios, e MCTI como "escritório de projetos". Promessa é que iniciativa privada será convidada a compor subcomitês específicos. 

FCA e TIM anunciam carro conectado no Brasil para primeiros meses de 2021

Os carros das marcas Fiat, Jeep e Ram virão com eSIM, chip virtual para acesso a Wi-Fi nativo a bordo com 4G. "O carro será um smartphone e um tablet", afirma o CIO da FCA, André Souza Ferreira.

Polícia Federal quer usar drones no combate aos crimes eleitorais.

Expectativa é que mais de 100 drones sejam usados para inibir e flagrar condutas ilegais na eleição deste ano.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G