Clicky

Home - Convergência Digital

Claro supera rivais no pós-pago. Vivo encosta na TIM no pré-pago

Ana Paula Lobo* - 04/11/2020

Pela primeira vez na história da telefonia móvel brasileira, o pós-pago superou o pré-pago. A espera por essa ultrapassagem durou quase um ano, até por conta do impacto da pandemia de covid-19, mas fez valer a estratégia das operadoras, que valorizaram mais o pós-pago no período. De acordo com os dados publicados pela Anatel, em setembro, foram 114,73 milhões de assinantes pós-pago e 113,56 milhões no pré-pago.

A Claro foi a operadora a adicionar mais clientes em setembro - com 764,46 mil clientes, o que a fez somar 30,45 milhões de usuários no pós-pago. Na disputa das teles, a Vivo ficou na segunda posição com 315.328 mil, seguida da TIM, com 154 mil e da Oi, com 103 mil. Na comparação de 12 meses, a Claro também tem melhor desempenho no pós-pago ao adicionar 4,2 milhões. A diferença para a segunda colocada Vivo é grande, uma vez que a operadora controlada pela Telefónica, atraiu 1,66 milhão. A Oi adicionou 840 mil e a TIM, teve o pior desempenho, com 493 mil.

Se no pós-pago, a Claro despontou, no pré-pago, ela perdeu espaço até por conta da estratégia dela de incentivar a migração do pré para o pós-pago entre os clientes. A TIM lidera o segmento pré-pago com 33.533 milhões de chips ativos, seguida da Vivo, com 31.533 milhões. A Claro aparece na terceira posição com 30.207 milhões. A Oi aparece na quarta posição com 25.670 milhões.

Os dados da Anatel mostram que, em setembro, o Brasil somava 228,3 milhões de chips móveis ativos, o que significa uma expansão de 1 milhão de assinantes. 50,3% no pós-pago, 49,7% no pré-pago. O 4G segue como a tecnologia mais utilizada, com 72,5% dos usuários. O 3G tem 15,4%, enquanto o 2G sobre vive em 12,1% dos acessos.

A Vivo ainda é a operadora com mais clientes, possuindo 33,6% dos assinantes. A Claro vem em seguida, com 24,9%, sem somar a base da Nextel, 1,4%, acrescida à base da Claro, a operadora passaria a ter 26,3%. A TIM é a terceira maior operadora móvel do país, com fatia de 22,4% do mercado. E a Oi - que será comprada pelo consórcio Claro, TIM e Vivo em novembro por R$ 16, 5 bilhões - permanece na quarta posição, com 16% do market share.

*Com informações da Anatel

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/02/2021
Teles: 4G fecha 2020 com redes em 5.275 municípios brasileiros

10/02/2021
TIM e Vivo vão desligar 2G em 20 cidades em 2021

29/01/2021
Teles divulgam que 4G chega a 5138 municípios

12/01/2021
Metade das redes móveis na América Latina oferece voz sobre LTE

14/12/2020
Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

30/11/2020
Vivo toma liderança da TIM no pré-pago

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

09/11/2020
Em agosto, 30 chips 4G foram ativados por minuto no Brasil

04/11/2020
Claro supera rivais no pós-pago. Vivo encosta na TIM no pré-pago

30/10/2020
Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

Destaques
Destaques

5G será muito mais B2B e vai injetar R$ 13,5 bilhões no mercado nos próximos dois anos

Finalmente o 5G entrou na lista das dez previsões para os mercados de Tecnologia e Informação e Telecomunicações da IDC para 2021/2022. Consultoria prevê que a receita virá de novos negócios com IA, IoT, cloud, segurança, robótica e realidade aumentada e virtual.

5G só começa depois de garantia de recepção nas parabólicas

Pelo cronograma previsto na proposta de edital, oferta do 5G tem início 300 dias depois de formalizada a ‘compra’ das frequências – portanto no segundo semestre de 2022.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site