Clicky

Home - Convergência Digital

Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 19/11/2020

Ondas milimétricas - que no Brasil envolve, inicialmente, a faixa de 26 GHz no leilão previsto do 5G para 2021 - não são apenas mais uma banda, mas, sim, onde os novos serviços vão, de fato, acontecer, por conta das baixíssimas latências, afirmou o VP da Qualcomm Brasil, Francisco Soares, ao participar do evento e-Fórum 5G mmWave, realizado pela Network Eventos, com o Convergência Digital.

Posição defendida também pelo CSO da Nokia Brasil, Wilson Cardoso. "O 3,5GHz será mais do mesmo, para fazer banda larga. O que vai mudar o modelo de negócios é o uso das ondas milimétricas. São elas que darão ganho de produtividade esperado com o 5G", observou. "Quem garante que os dados transmitidos vão chegar e na latência desejada serão as ondas milimétricas. Elas têm de ser definidas agora", adicionou Soares, da Qualcomm.

O executivo da Nokia Brasil lembrou que, até 2025, são esperadas a instalação de pelo menos 230 mil novas ERBs apenas para atender mercados verticais, como o da indústria 4.0 e saúde, exemplificou. "São ERBs menores, instaladas internamente, mas que exigem espectro e baixa latência", reforçou Cardoso.

Soares, da Qualcomm, salientou que as aplicações de robótica, Inteligência Artificial e manutenção preditiva vão exigir o uso das ondas milimétricas. "Tem que comprar agora. Não dá para adiar para depois", insistiu. No edital do leilão 5G - a ser discutido ainda no Conselho Diretor da Anatel - está prevista a venda da faixa de 26 GHz junto com a faixa de 3,5GHz. Assistam à posição dos executivos no e-Fórum 5G mmWave.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/06/2021
É hora de cumprir a promessa do 5G

15/06/2021
Ministro das Comunicações ataca teles por causa do 5G DSS

15/06/2021
Itaú Unibanco e Vivo Empresas testam agência bancária com 5G

14/06/2021
5G e Inteligência Artificial são estratégicos para suportar investimentos no Brasil

14/06/2021
Anatel abre consulta sobre convivência entre 5G e satélites

09/06/2021
IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

07/06/2021
Inmarsat vai à justiça contra 3,5GHz exclusivo para 5G na Holanda

02/06/2021
Minicom leva TCU aos EUA para aparar arestas com relação ao leilão 5G

02/06/2021
Câmara cobra explicações do TCU, Minicom e Anatel sobre edital do 5G

01/06/2021
O 5G ainda está à espera do leilão, mas Inatel e RNP lideram projeto Brasil 6G

Destaques
Destaques

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

STJ: É ilegal polícia clonar celular de investigado

Para o Superior Tribunal de Justiça, além de constituir uma forma ilícita de interceptação, esse procedimento acarretaria a suspensão indevida da comunicação telefônica e telemática dos investigados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G e a expansão da capacidade de inovação

Por Alex Takaoka*

Segurança da informação, interoperabilidade e infraestrutura ocuparão um papel importante na implantação da tecnologia 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site