Clicky

Convergência Digital

Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

Por Roberta Prescott* - 23/11/2020

Incentivar mais mulheres a ingressarem nas carreiras ligadas à tecnologia e que se tornem cientistas de dados é um desafio em uma área que ainda é dominada por homens, apontou Renata Sousa, da USP, em entrevista à CDTV.

Ela é embaixadora de duas iniciativas que visam a incentivar que mais mulheres ocupem carreiras em Steam, sigla, em inglês, que comporta formações em Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática.   
Renata Sousa é engenheira química, membro do Clube Minerva e embaixadora da Women in Data Science da USP (WiDS @USP). Atualmente, trabalha com pesquisa em fábricas inteligentes e integração com big data industrial. "A ciência de dados apareceu na minha vida com a transformação digital para indústria química", contou.

Além de contar sobre a sua carreira e as iniciativas que fomentam mulheres se tornando profissionais em Steam, Sousa falou sobre diversidade de formações possíveis para quem quer ingressar na carreira de cientista de dados e campos de trabalho.

"A formação primária é um pouco do viés que você vai dar no futuro. Esse profissional de ciência de dados, além de ter de fazer balanço entre soft e hard skills, tem de fazer muitos cursos. É um profissional holístico", apontou.

Entre as habilidades necessárias de um profissional de dados, Renata Sousa reforçou a combinação da formação acadêmica com saber liderar, lidar com pessoas e com os diferentes desafios que surgem. "Isso de ser multitarefa traz ao profissional muita responsabilidade e muita consciência em que tem de fazer; e resiliência mesmo."  Confira a entrevista na íntegra.


Agência Zmes: ciência de dados une tecnologia, negócio e marketing

Sócio-fundador e líder da área de tecnologia e dados da agência de marketing digital, Henrique Makauskas, diz que usar dados trouxe um diferencial competitivo ao negócio. O desafio segue sendo encontrar bons profissionais para trabalhar na área.

Ciência de dados para quem precisa de oportunidade

Em parceria com a escola de tecnologia Resilia, o iFood, está com inscrições abertas para  o Vamo AI, um programa de formação para jovens de baixa renda.São 30 vagas e as inscrições vão até o dia 18 de dezembro.


Ciência de Dados - clique aqui para ver o especial completo
Editora Convergência Digital
Copyright © 2005-2020 Editora Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site