Home - Convergência Digital

paySmart-Elo promovem maratona de desenvolvimento

Da redação - 24/11/2020

A paySmart, uma fintech que permite que qualquer empresa se torne um banco digital, está promovendo a primeira edição de sua maratona de desenvolvimento, o Hackathon paySmart-Elo 2020, que conta com o apoio da Elo, empresa 100% brasileira de tecnologia de pagamentos.

O objetivo é incentivar a criatividade e o uso inovador da plataforma de processamento leve por desenvolvedores, designers, estudantes, pesquisadores e profissionais de negócios. Os participantes precisam estar à frente de projetos originais em estágio inicial de desenvolvimento. As inscrições vão até o dia 10 de dezembro e são gratuitas.

"As soluções de meios de pagamento podem habilitar toda uma gama de serviços e produtos inovadores, mas o acesso à tecnologia representa uma barreira importante, inclusive financeira, para que boas ideias possam avançar", destaca Daniel Oliveira, CEO da paySmart. "Por meio do Hackathon, queremos que mais profissionais possam experimentar a nossa plataforma de processamento leve e desafiá-los a utilizá-la de forma criativa para agregar valor ao seu projeto."

"O Hackathon com a paySmart faz parte da nossa estratégia de apoiar iniciativas que fomentam a inovação no ecossistema de pagamentos, construindo o futuro do setor e possibilitando aos clientes acesso a soluções ainda mais práticas e seguras", afirma Duda Davidovic, Gerente Executiva de Inovação da Elo.

As ideias apresentadas serão analisadas por um comitê de especialistas da paySmart e da Elo, e as soluções desenvolvidas receberão notas em cinco critérios específicos: inovação e originalidade; sustentabilidade do modelo de negócios; impacto no mercado; capacidade de execução e qualidade da interface. Os cinco projetos que obtiverem as maiores pontuações serão conhecidos em um evento online, que acontecerá no dia 18 dezembro.

As equipes devem ser formadas por no mínimo dois e no máximo sete integrantes. Os três primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro - R$ 10.000 para o primeiro colocado, R$ 6.000 para o segundo, e R$ 2.000 para o terceiro - e terão o benefício de utilizar os serviços da paySmart por um período de seis meses, com isenção da mensalidade, para seguirem desenvolvendo seu projeto, se assim quiserem.

As equipes participantes terão acesso às APIs da paySmart no dia da maratona e contarão com 24 horas para o desenvolvimento da solução e para a realização dos testes de funcionalidade e desempenho, que terão lugar em uma sandbox da paySmart. Analistas de suporte da paySmart e da Elo estarão disponíveis para consultas técnicas. O regulamento e mais informações sobre o Hackathon paySmart 2020 estão disponíveis neste link: https://www.paysmart.com.br/eventos/hackathon2020/ .

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

08/06/2021
Dois anos depois, app do Google para programação gratuita ganha versão em português

01/06/2021
Código para Todxs: Serasa vai formar desenvolvedores em tecnologias mobile

18/05/2021
Curso gratuito tem 30 mil vagas para programação em Java Script

17/05/2021
Depois do Pix, PagTesouro permite pagamento com PicPay

14/05/2021
Pix completa seis meses movimentando R$ 951 trilhões

30/04/2021
Banco Central descarta brecha de segurança no Pix e adverte contra golpes

29/04/2021
Vivo Pay chega integrado ao Pix e disponível para não clientes

29/04/2021
Apps de pagamentos: Brasileiros confiam mais nas big techs do que nos bancos tradicionais

27/04/2021
Banco Central faz campanha contra golpes no Pix

22/04/2021
TIM supera 2 milhões de faturas pagas via PIX

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Redes Neurais darão bons programadores?

Por Francisco Camargo*

A pergunta que fica não é se a inteligência artificial vai substituir os programadores, mas quando isso acontecerá.Esse desenvolvimento terá profundo impacto na educação das crianças e no futuro dos seus empregos.

Destaques
Destaques

Contratações em TIC cresceram 300% no 1ºtri e ainda assim foram insuficientes

Entre janeiro e março foram abertas 52.743 novas vagas, frente as 59.193 criadas ao longo do ano passado, segundo a Brasscom.

TRT-2 valida demissão feita pelo WhatsApp

A 18ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região confirmou a demissão de uma educadora de ensino infantil justificando que a OTT se 'tornou um grande aliado, especialmente em 2020, como ferramenta de comunicação como qualquer outra'.

DPOs e analistas de compliance LGPD estão em alta no mercado de trabalho

Dezoito profissões do futuro do trabalho começam a ganhar corpo no Brasil, conforme a consultoria Robert Half.BI e CRM estão também em alta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site