Clicky

Home - Convergência Digital

Metade das redes móveis na América Latina oferece voz sobre LTE

Convergência Digital - 12/01/2021

Voz sobre LTE (VoLTE), a tecnologia que habilita as comunicações de voz de forma completa em redes Long Term Evolution (LTE), manteve seu crescimento na América Latina e, praticamente, 50% das redes deste tipo tinham o serviço habilitado em setembro de 2020. Em 2018, essa proporção era de aproximadamente 25%, revela estudo da 5G Americas.

O serviço de VoLTE está disponível hoje para 70% dos países da América Latina, de acordo com os dados atualizados pela entidade no terceiro trimestre de 2020. Há dois anos, apenas 45% dos países da região contavam com ao menos uma rede VoLTE comercial. A 5G Americas realizou este cálculo com base nos anúncios oficiais das operadoras, em consultas diretas e informações divulgadas.

Foram mapeadas 35 redes de voz sobre LTE (VoLTE) ativas na América Latina até setembro de 2020. Segundo a associação, o número representa metade de todas as redes 4G que operam na região e o dobro do verificado há dois anos (17). O Brasil seria o país mais avançado no quesito, com quatro redes VoLTE ativas, segundo o levantamento da 5G Americas. Chile, Colômbia e México também contam com o mesmo número, enquanto Costa Rica, El Salvador, Honduras, Paraguai e Venezuela ainda não teriam o recurso disponível. No mundo, o desenvolvimento do VoLTE começou em 2012.

A VoLTE é a evolução do serviço de voz sobre redes móveis e implica sua transição para redes 4G complementares. Ao ser oferecido sobre protocolo de Internet, a VoLTE apresenta melhoras sobre a transmissão de voz em redes de gerações passadas, notavelmente as chamadas em alta definição e a provisão de qualidade de serviços (QoS). As chamadas VoLTE não requerem a instalação de aplicações adicionais e se estabelecem mediante a marcação "tradicional" entre usuários de uma rede VoLTE e equipamentos compatíveis.

A 5G Americas informa ainda que as redes de gerações prévias (2G e 3G) continuam tendo um papel para a habilitação dos serviços de voz na América Latina para casos em que não exista VoLTE disponível, para usuários sem equipamentos compatíveis ou para finalização de chamadas entre usuários de redes distintas.  

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/01/2021
Metade das redes móveis na América Latina oferece voz sobre LTE

14/12/2020
Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

30/11/2020
Vivo toma liderança da TIM no pré-pago

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

09/11/2020
Em agosto, 30 chips 4G foram ativados por minuto no Brasil

04/11/2020
Claro supera rivais no pós-pago. Vivo encosta na TIM no pré-pago

30/10/2020
Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

19/10/2020
NASA leva 4G e projeta 5G na Lua

04/09/2020
Cobertura 4G alcança 5 mil municípios

02/09/2020
TIM quer parceria com startups em uso de 4G ou IoT em soluções para o campo

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site