Clicky

GOVERNO

Transformação digital: Atenção do governo ao risco de digitalizar a burocracia

Luís Osvaldo Grossmann ... 23/03/2021 ... Convergência Digital

Com 1.195 serviços públicos já disponíveis totalmente pela internet, essa linha de ação na estratégia de transformação digital do governo federal segue em curso para atingir 100% de atendimentos possíveis de forma online até o fim de 2022. Mas como ressaltado pelo secretário adjunto de Governo Digital, Ciro Avelino, não se trata de transferir para a internet a mesma burocracia do mundo físico.

“O desafio é não fazer uma mera transposição do que já existe para o digital, e isso envolve se debruçar sobre as informações para que os processos sejam revistos e muitas vezes até deixem de existir. Porque às vezes a maior transformação digital de um serviço é ele deixar de existir. Sabemos que precisamos evitar a digitalização da burocracia. Esse processo envolve avaliar a própria necessidade do serviço, do valor que ele entrega à população”, disse Avelino ao participar, nesta terça, 23/3, do Brasscom TecForum 2021. 

Nas contas da SGD, até aqui a digitalização trouxe uma economia potencial de R$ 2 bilhões por ano em redução da burocracia. “Cerca de 98% de redução de custo é possível ao se adotar o atendimento digital. Não adotar hoje as ferramentas do século 21 traz muitas ineficiências”, lembrou o secretário adjunto. 

Mas se por um lado cabe avaliar o que merece ser digitalizado, também merece cuidados o uso disseminado dos dados pessoais dos cidadãos. Como afirmou Avelino, o processo incorporou como premissas a proteção de dados e a segurança da informação. E com isso, a própria interoperabilidade das bases de informações governamentais entra na equação. 

“Ainda tem muito caminho pela frente, muita coisa para ser feita. E uma das questões onde a gente precisa avançar é especialmente a governança de dados, interoperabilidade, governo aberto e proteção de dados. Hoje a gente percebe a relevância de se trabalhar proteção à privacidade e dados pessoais. Temos um ambiente com migração de muitas operações, no governo e na sociedade, aumenta a superfície de risco. Então a segurança da informação, a proteção de dados se torna requisito fundamental.”


Simples de março, abril e maio é prorrogado para segundo semestre

Recolhimento poderá ser feito a partir de julho, com opção de pagamento em duas parcelas. 

Transformação digital: Atenção do governo ao risco de digitalizar a burocracia

“A meta é digitalizar 100% dos serviços, mas o desafio é não fazer mera transposição do que existe para o digital”, afirma o secretário adjunto de governo digital, Ciro Avelino. 

Sobram candidatos e faltam cadeiras para TICs no Conselho Nacional de Proteção de Dados

Além de três das grandes entidades empresariais de tecnologia da informação, ABES, Assespro e Brasscom, os dois assentos setoriais são disputados pela Abert, Sebrae e bureaus de crédito. Pelo menos. 

Identidade Nacional vai funcionar como carteira digital

Governo e TSE formalizam acordo para fazer o Documento Nacional de Identificação (DNI) por meio da troca de dados.  A identidade digital será gerada por um aplicativo gratuito, que pode ser utilizado em smartphones e tablets com sistemas Android e iOS, a ser ofertado pelo governo federal.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G