Clicky

GOVERNO » Legislação

CGU descarta conflito entre a LGPD e Lei de Acesso à Informação

Luís Osvaldo Grossmann ... 28/04/2021 ... Convergência Digital

Em que pese a preocupação de órgãos públicos de um suposto conflito entre a Lei de Acesso à Informação (12.527/11) e a Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18), a Controladoria Geral da União, que concentra os pedidos de dados públicos, descarta incompatibilidades. 

Como alertou o Ouvidor Geral da União, Valmir Dias, ao participar nesta quarta, 28/4, do Seminário Internacional de Proteção de Dados, promovido pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, a própria LAI, ainda que de forma mais econômica, já prevê a proteção de dados. 

“Não há conflito entre LGPD e LAI. A Lei de Acesso à Informação veio regulamentando a questão constitucional do direito de acesso à informação, mas também já trazia instrumentos de proteção a privacidade no poder público. A LGPD agora detalha instrumentos tanto para o setor privado como para o setor público, como uma ampliação do escopo. E existe a necessidade dessa interação. Mas é tranquilo trabalhar a harmonização dessas normas.”

“Há uma dúvida muito como entre gestores sobre consentimento, mas para determinados tratamentos relacionados a políticas públicas, atividade regulatória, não há essa necessidade. Há situações em que o dado pessoal pode ser público. Mas é claro que precisamos trabalhar com aquele conceito que tem na LGPD relacionado à minimização de dados, ou seja, trabalhar com o dado em um nível necessário para cumprimento da obrigação legal.”

Ele lembrou que há orientações da Controladoria Geral da União sobre o tema, como a recente Portaria 581, publicada no início de março deste 2021, que regulamenta procedimentos para as Ouvidorias e também traz questões relativas à proteção de dados pessoais. 

“Temos que trabalhar o caminho dessa interação. Nesse sentido temos o guia de implementação da LGPD, para que os órgãos se estruturem com base em boas práticas. E que traz em seu teor a Plataforma Fala.br como canal para exercício dos titulares – já temos nessa plataforma adequações alinhadas à LGPD, na proteção dos manifestantes, por exemplo. Além do próprio canal para exercício desses direitos”, completou. 


LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."

Deputados aprovam urgência para o PL de privatização dos Correios

União teria a obrigação de  prover o serviço postal universal, que inclui encomendas simples, cartas e telegramas. Todos os outros produtos poderão, se o PL 591/21 for de fato aprovado no Congresso Nacional, serem repassados à iniciativa privada.

Ministério da Justiça exige cadastro de redes sociais no Consumidor.gov.br

Nova portaria da Secretaria Nacional do Consumidor amplia o rol de empresas que devem fazer parte do portal de mediação online de atendimento aos consumidores. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G