Clicky

SEGURANÇA

Hackers cobram R$ 26 milhões pelo sequestro dos dados do TJRS

Convergência Digital ... 30/04/2021 ... Convergência Digital

Os hackers que atacaram o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul desde a quarta-feira, 28, estão cobrando US$ 5 milhões, ou R$ 26,5 milhões, para devolver os dados sequestrados pelo ransomware, que seria o REvil, conta o portal de segurança da informação, Ciso Advisor. O ataque ao TJRS começou na quarta-feira, 28/04, e teria paralisado cerca de 12 mil servidores. O site está temporariamente fora do ar com a justificativa de manutenção.

Funcionários que tentaram utilizar remotamente recursos na rede do tribunal descobriram que o conteúdo buscado não estava mais disponível – textos, imagens, modelos de documentos jurídicos, tudo havia sido criptografado. Eles passaram a ver uma tela azul com texto em inglês informando que deviam procurar uma nota de resgate no arquivo 34o0n-readme.txt: “All of your files are encrypted! Find 34o0n-readme.txt and follow instructions”, acrescenta a reportagem do Ciso Advisor.

O REvil não é um ransomware operado por uma pessoa ou uma gangue. Na verdade ele é uma plataforma de ransomware cujo autor ou autores vendem o acesso a quem quiser. Ele já atacou empresas grandes. Na semana passada, por exemplo, atacou a Quanta Computer, fabricante global de emrpesas de tecnologia como Dell, HP e outras, além de ser também um fornecedor terceirizado da Apple em Taiwan. Os criminosos cobraram US$ 50 milhões. Não se sabe se a fabricante pagou ou não pelos dados sequestrados.


Depois de sofrer ataques pesados, CNJ define estratégia de cibersegurança

Relator da política, o presidente do CNJ e do STF, Luiz Fux, destacou que ataques são cada vez mais frequentes e avançados, com alto potencial de prejuízo.

Cidade de São Paulo vai às compras de câmeras públicas

Hoje são cerca de 3500 em atividade e o planejamento é de duplicar esse número na nova licitação, informa Dalmo Álamo, da secretaria municipal de segurança pública da cidade de São Paulo. Os drones também estão fazendo a diferença.

Brasileiros acham um tédio fazer atualização de segurança em PCs e celulares

Tarefa é considerada tediosa para 42%. Sete em cada 10 não veem riscos ao adiar atualizações.

GSI exige orçamento e atualização tecnológica para segurança da informação

Nova instrução normativa manda órgãos federais mapearem ativos de informação e fazerem testes anuais em planos de continuidade para o casos de indisponibilidade de sistemas.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G