Clicky

INTERNET

WhatsApp não muda política de compartilhamento, mas dá mais 90 dias aos usuários

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/05/2021 ... Convergência Digital

Em resposta às recomendações feitas pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados, Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Secretaria Nacional do Consumidor e Ministério Público Federal, o WhatsApp decidiu manter o acesso ao aplicativo por 90 dias para os usuários que não aceitarem os novos termos de uso, que preveem manter o compartilhamento de dados com o Facebook. 

Segundo o Cade e a ANPD, “neste período de 90 dias o Cade, MPF, ANPD e Senacon farão novas análises e questionamentos e a empresa se colocou à disposição para dialogar e prestar esclarecimentos em relação às recomendações emitidas pela ANPD e a quaisquer outras questões relacionadas à atualização dos termos do aplicativo”.

O órgão antitruste e a Autoridade de Dados informam que “nesta semana, os órgãos reguladores se reuniram com representantes do WhatsApp e do Facebook para tratar do tema”, e que em “documento enviado às autoridades, o WhatsApp informa que não encerrará nenhuma conta, e que nenhum usuário no Brasil perderá acesso aos recursos do aplicativo nos 90 dias posteriores ao dia 15 de maio como resultado da entrada em vigor da nova política de privacidade e dos novos termos de serviço nesta data”.

Em resposta ao Convergência Digital, a ANPD esclareceu que “as recomendações foram, em grande parte, acatadas, principalmente no que toca ao ponto mais urgente, que era garantir que não houvesse qualquer restrição à utilização do aplicativa a partir do dia 15/5”. Ainda segundo a Autoridade, “a empresa apresentou esclarecimentos e justificativas em relação aos pontos não acatados, os quais serão avaliados pelos órgãos competentes. Se necessário, serão adotadas outras medidas legais posteriormente”. 

“Se for o caso, pode-se ingressar com uma ação judicial contra o WhatsApp e a ANPD continuará o processo de avaliação da nova política, podendo, se for o caso, a partir de agosto de 2021, aplicar sanções administrativas à empresa que podem ir desde a advertência e multa à própria suspensão ou bloqueio de determinado tratamento ou manuseio dos dados e informações.”

Na recomendação enviada ao WhatsApp em 7/5, os quatro órgãos apontaram que a política de privacidade e as práticas de tratamento de dados apresentadas pelo WhatsApp podem representar violações aos direitos dos titulares de dados pessoais. E segundo As instituições ainda demonstraram preocupação com os potenciais efeitos sobre a concorrência e sob a ótica da proteção e defesa do consumidor.

A Autoridade Nacional de Dados também divulgou uma orientação para que os usuários saibam como proceder em relação às novas regras: ANPD divulga orientações aos usuários sobre a nova política de privacidade do Whatsapp — Português (Brasil) (www.gov.br)


Facebook e Google, dono do You Tube, são convocados à CPI da Covid-19 no Senado

Presidente da República, Jair Bolsonaro, disse em vídeos publicados nas redes, que contrair Covid-19 confere maior imunidade que as vacinas.

Mediastream: à espera do 5G, streaming valida formatos de monetização

Mais e mais empresas estão em busca de fazer streaming no país e com a pandemia mercados até então fora do radar, como o agronegócio, buscaram a tecnologia para fazer valer seus negócios, diz o diretor da empresa, Marco Lopes.

Justiça de São Paulo rejeita recurso da Apple e mantém multa de R$ 7,7 milhões por FaceApp

Procon de São Paulo aplicou a multa por comercializar aplicativo sem termos de uso em português e por conter cláusulas abusivas.

Facebook decide manter contas de Donald Trump suspensas até 2023

"As ações de Trump constituíram uma violação grave de nossas regras que merecem a maior penalidade",disse o Facebook. As contas do ex-presidente dos EUA no Facebook e no Instagram estão suspensas desde o dia 07 de janeiro, um dia depois de o político elogiar pessoas envolvidas no ataque ao Capitólio.

Ativado cabo submarino de fibra óptica que liga Brasil à Europa

O cabo submarino possui 6 mil quilômetros de extensão, conectando diretamente a cidade de Fortaleza (Brasil), a Sines (Portugal), sem a necessidade de os dados passarem pelos Estados Unidos.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G